Quando fazer sacrifício pelo outro é bom ou ruim?

sacrificio
Não é nada simples definir critérios para as concessões que são feitas num relacionamento. Deixa eu explicar melhor. É certo que, para funcionar, é necessário abrir mão de algumas coisas pelo outro. Porém, também é verdade que deixar de fazer coisas que gostamos em nome do relacionamento pode representar uma forma de negação da própria personalidade, uma maneira de anular-se. Então… como saber se estamos fazendo o certo pelo relacionamento ou se estamos construindo a própria ruína da vida a dois?

Pesquisadores da Universidade de Califórnia tentaram entender se os sacrifícios feitos no relacionamento são construtivos ou destrutivos. E embora possa até parecer simplista, creio que o resultado das observações desses estudiosos podem nos ajudar a refletir sobre as concessões feitas no dia a dia do casal.

Imagine a seguinte situação: você ama demais seu namorado (namorada, marido ou esposa) e entende que tem dedicado pouco tempo ao parceiro. Quer ficar mais tempo juntos. Então desiste de fazer uma pós-graduação para investir no relacionamento.

Para quem está de fora, pode até dizer:

– Que burrice! Só um idiota deixa de cuidar dos estudos, até da carreira por causa do relacionamento.

Pois eu digo, e os pesquisadores concordam: se for uma escolha pessoal, algo que você decidiu sem pressão alguma do outro, se for pelo desejo de construir uma relação com mais intimidade, com maior comprometimento, não vai se arrepender. Mesmo que no futuro não dê certo, você saberá que fez o melhor que podia fazer para serem felizes juntos.

Quando o sacrifício pelo outro é ruim? Quando você se sacrifica por pressão. Os estudiosos observaram que as pessoas, quando abrem mão de sonhos, afastam-se de amigos, familiares etc., apenas para agradar o outro, correm sério risco de se arrependerem. E o motivo é simples: não houve convencimento de que é o melhor para os dois. A pessoa está fazendo apenas para não ter de enfrentar cara feia, de não ficar brigando… É como se não tivesse outra opção, entende? Ou você se sacrifica ou o parceiro vai arrumar confusão. Se isso acontece, há grande chance de o casal ter problemas no futuro.

Por isso, o melhor critério antes de sacrificar-se é se questionar: estou fazendo isso por que quero melhorar meu relacionamento? Por que é algo que vai me fazer bem? Ou estou fazendo isso por medo de não ceder, por me sentir intimidado pelo outro?

Anúncios

3 comentários em “Quando fazer sacrifício pelo outro é bom ou ruim?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s