Não existe amor à primeira vista

amor

Pode existir paixão… Tesão. Mas amor de verdade, impossível. Quem pensa ser possível existir amor à primeira visto, não sabe direito o que é amor. Mas aí alguém pode dizer:

– Ah, mas quando bati os olhos em meu marido, deu um frio na barriga… Eu sabia que ele era o homem da minha vida.

Eu diria que você não amou logo de cara. Sentiu outra coisa. Paixão, por exemplo. Admiração também. O amor, porém, veio depois. Com o tempo. E esse tipo de coisa pode sim acontecer.

Amor à primeira vista é coisa de cinema, de novela, da literatura. Não da vida real.

Para amar é preciso conhecer. Ninguém conhece sem conviver. Quem diz que existe amor à primeira vista está afirmando que é possível amar um completo desconhecido. Está sustentando que aceitaria viver “na alegria e na tristeza” com alguém sobre o qual nada sabe. Porque amor de verdade envolve aceitação, renúncia, disposição para sofrer junto, suportar as dores…

Amor à primeira vista é, na verdade, atração, desejo, simpatia, empatia, encantamento… É a emoção à flor da pele em sintonia com as fantasias alimentadas ao longo de anos em que, nos sonhos, encontra-se um príncipe encantado.

Amor de verdade desenvolve-se com o tempo… Com as experiências de perdas e ganhos, com as gentilezas vividas a dois, frustrações e decepções administradas… Amor se cria e se alimenta. Não nasce de um simples troca de olhar. 

Anúncios

3 comentários em “Não existe amor à primeira vista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s