É possível continuar a ser a pessoa interessante pela qual seu parceiro se apaixonou

casalfeliz

O tempo pode ser bastante cruel com o relacionamento. Não é nada fácil conservar os sentimentos pela pessoa que a gente ama. Muito menos fazer com que o outro continue apaixonado por você. Entretanto, eu acredito que quando a gente quer, a gente pode. É fato que não temos controle sobre o coração do outro. Porém, se continuarmos sendo a pessoa pela qual o parceiro um dia se apaixonou, há muita chance de preservar o romance.

Além de mantermos um comportamento ativo, de investimento na relação, é fundamental cuidarmos de nós mesmos. Existe um princípio básico na dinâmica da vida a dois: a gente ama quem a gente admira, a gente ama quem nos faz bem. E é com base nessa ideia que apresento alguns pontos que podem ajudar a manter o amor do outro por você.

Acredite em você. É muito mais fácil amar uma pessoa bem resolvida. E falo por mim, inclusive. O homem, por exemplo, sente-se muito mais atraído por uma mulher que não duvida de si mesma, de sua beleza, de suas qualidades. É chato conviver com gente insegura, que sofre com a síndrome do patinho feio, que se acha incapaz, que vive se comparando com outras pessoas.

Demonstre confiança no outro. Não é simples dizer ao outro: “Isso fica por sua conta… Tenho certeza que é capaz de fazer até melhor do que eu”. Mesmo no relacionamento, por vezes queremos estar no comando. Porém, quem quer investir no romance, deve ser capaz de demonstrar confiança no outro. Isso causa um sentimento positivo, de valorização… Algo do tipo “ela confia em mim”. E, melhor, quando a pessoa sente que está sendo digno da confiança alheia, a tendência é tentar honrar isso, provando que é capaz.

Ser compreensivo. Todo mundo falha. Os erros fazem parte de nossa vida. Por isso, quando a gente compreende os fracassos do parceiro, demonstra amor na prática, demonstra disposição em acolher. Pense em seus próprios erros: o que mais dói quando você erra? Além de lidar com a própria consciência, é horrível ter a pessoa que amamos apontando nossa falha, nos criticando pelo erro. Por isso, quem quer ser amado, pratica a compreensão. Poucas coisas fazem tão bem ao coração quanto saber que, depois de uma queda, existe alguém ao seu lado disposto a te estender a mão.

Fazer-se entender. Quem busca compreender o outro, é alguém que sabe escutar. Mas isso também pressupõe saber comunicar-se. Não é agradável conviver com alguém que é incapaz de dialogar sem gritar. Fazer-se entender é tentar não dar oportunidade a interpretações errôneas, mal entendidos… Uma série de problemas surge no relacionamento justamente porque nem sempre damos conta de tornar nossos pensamentos claros ao parceiro.

Ser divertido. O bom humor faz milagres no relacionamento. É fato que nem todos os dias estamos dispostos a sorrir. Muito menos a fazer rir. Porém, quem consegue levar a vida de forma mais leve, torna-se uma pessoa muito mais interessante. Sabe, faz um bem enorme para o romance ter um parceiro capaz de rir de si mesmo, capaz de brincar durante diferentes momentos do dia e te fazer sorrir. Portanto, vale a pena ver o lado bom das coisas e tentar não levar a vida tão a sério.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s