É preciso assumir a sua responsabilidade no relacionamento

casal_romance

Vários fatores podem contribuir para o fim de um relacionamento. Porém, os principais responsáveis pelo sucesso ou pelo fracasso do romance somos nós mesmos. É fácil encontrar culpados. Difícil é admitir ser o culpado. 

Talvez seja pela educação que recebemos… Mas temos uma enorme dificuldade em assumir os erros. E isso acontece desde a infância.

O sofá aparece riscado. A mãe cobra o filho:

– Quem fez isso?

Resposta:

– Não fui eu.

Na fase escolar, a criança/adolescente tira uma nota muito ruim na prova. O pai questiona:

– O que você fez que tirou essa nota ridícula?

Resposta:

– A professora é horrível. Não ensina direito. Elaborou uma prova confusa e todo mundo foi mal.

A lista de exemplos é interminável. E para as diferentes fases da vida. Então, não é diferente com o relacionamento. Sempre é mais fácil dizer que o parceiro falhou. E, sinceramente, não estou dizendo que o parceiro não falhe. Apenas quero lembrar que, ao não assumir nossas responsabilidades, deixamos de agir pelo bem da relação.

Quando entramos num relacionamento é fundamental nos questionarmos, com frequência: “o que estou fazendo pelo bem do romance?”. Mais que isso: “será que o outro tem sido beneficiado pelas minhas atitudes?”, “o que eu faço que prejudica a relação?”.

Ter consciência de que minhas atitudes constroem ou destroem o relacionamento é o primeiro passo para viver bem a dois. 

Anúncios

4 comentários em “É preciso assumir a sua responsabilidade no relacionamento

  1. Bem colocado, temos responsabilidades num relacionamento. Mas tem algumas coisas que não podemos dizer que contribuímos como no caso de traições sucessivas, álcool e drogas. Mesmo que nos questionemos sobre nossa parte nisso, são escolhas que o outro faz e deteriora o relacionamento. Aí não tem como, dizer que somos responsáveis. Parabéns pelo texto!

  2. Muito bem sacada a ideia central, também concordo que se não nos policiarmos duramente com certeza enfiaremos os pés pelas mãos, mas como você bem disse a parte difícil é assumir-se no erro e tentar mudar o panorama da situação nem que seja dando uma pequena espanada na sujeira toda que fizemos. Escrevi alguns artigos a respeito em meu blog. Parabéns pelo texto resumido e sucinto.

  3. Bom dia, tenho um relacionamento ha quase quatro anos, sempre nos demos muito bem, compramos um apartamento mas ainda não casamos, estamos sempre juntos, trabalhamos juntos em departamentos diferentes na mesma empresa, ano passado, ela foi promovida a gestora junto com outro colaborador, ai começaram meus problemas e desconfianças, especificamente quando ela emprestou seu cartão de crédito a essa pessoa sem me comunicar, a partir daí comecei a imaginar um monte de coisas, já que esta sempre comigo a unica maneira de fazer algo era no próprio escritório que trabalhamos, dentro da sala de reunião, onde não tem janela e a porta é fechada. A partir dai se foi minha paz, sempre que desço em seu andar quando não vejo os dois, sei que estão em reunião e muita coisa passa pela cabeça, tem sete meses que venho vivendo isso, ja conversamos brigamos,ela jura que não, eu ja não posso olhara pra esse cara que já me sinto estranho, o fim de semana nosso é bom quando chega domingo a noite ja me desespero em saber que segunda vai começar tudo de novo, já pensei em separar pois não quero faze-la sofrer com minha perguntas diárias, dessa forma acabo sempre a coagindo no ambiente de trabalho, sou uma pessoa de muita fé nunca fiz escândalo e jamais farei, mas acabo sempre mandando mensagens quando desço e vejo eles conversando dando risada, eles sentam um do lado do outro, minha noiva é uma pessoa de família que jamais me deu motivo e zela pela sua índole principalmente no ambiente de trabalho. Sou ciente dessa minha insegurança, entretanto no fundo, sempre ainda acabo achando que alguma coisa acontece, hora acho que ele que também é casado quer ir ora sala com ela e ela acaba cedendo, ora acho que ela que quer, hora também tento me convencer que é só uma reunião afinal, os dois assumira a gestão de um departamento e precisam conversar. Peço humildemente sua ajuda. Obrigado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s