Ninguém muda ninguém

Eu sei que o sonho de muita gente é mudar pessoas próximas. Mudar o namorado, o marido, a esposa… Mudar os filhos, a mãe, a sogra… Mudar amigos. E até o chefe. Mas não funciona assim. Ninguém muda suas atitudes se não estiver convencido que precisa mudar.

A mudança começa no convencimento pessoal. Algumas pessoas, eu diria muito poucas, estão abertas para ouvir críticas, questionamentos a respeito de suas atitudes, de seus comportamentos. Essas pessoas já possuem uma pré-disposição para mudar. São pessoas dispostas a crescer. Porém, a maioria pode até se dizer disposta a mudar, a ouvir críticas, mas, na prática, na convivência do dia a dia, elas resistem. Ao ouvirem qualquer tipo de questionamento, ouvem na defensiva. Isso geralmente ocorre porque a pessoa sente-se acuada. É como se a crítica a estivesse desqualificando.

Por isso, minha dica de hoje é muito simples: não se desgaste tentando mudar as pessoas. Se você notar que existe a abertura para o diálogo, fale com carinho, fale com generosidade. Faça isso duas ou três vezes. Se notar resistência, não perca seu tempo. Você vai se irritar, se estressar e, pior, ainda corre o risco de ser vista como uma pessoa chata, daquelas que se acham donas da verdade.