Primeiro de Maio, Dia do Trabalhador: algo a comemorar?

Com cinco dados de estatísticas diferentes, mostro que não temos nada para celebrar. O Brasil é um país desigual, injusto e que sacrifica sua gente.

Temos mais de 13 milhões de desempregados, cerca de 34 milhões de pessoas na informalidade, pelo menos metade dos trabalhadores ganhando menos de um salário mínimo… É simplesmente assustador.

Anúncios