Auxílio-moradia para juízes chega a R$ 1 bilhão

A gente precisa insistir no debate de um tema que me parece fundamental: o custo do Estado brasileiro.

No texto de ontem, falei sobre os salários do funcionalismo público. É necessário adequá-los à realidade do país e, principalmente, considerar que o brasileiro já paga impostos demais e quase tudo que se arrecada serve para pagar as contas do funcionalismo. Quase não sobram recursos para investimentos e outros setores (educação, saúde, segurança etc.).

Porém, existe um setor que consome um grande volume de recursos: o Judiciário.
Veja só isso: somente o auxílio-moradia para juízes já custou, neste ano, R$ 830 milhões de reais aos cofres públicos. Esse número vai chegar a R$ 1 bilhão até o início de agosto.

Em média, apenas o auxílio-moradia dos juízes custa R$ 139 milhões por mês aos cofres públicos.

E estamos falando de uma classe que possui um teto salarial de R$ 33,7 mil. Detalhe, o auxílio-moradia – que é de R$ 4,3 mil – e outros tantos benefícios são pagos por fora. Ou seja, os juízes acabam recebendo bem mais que o teto salarial.

Chega ser criminoso com a população. Afinal, cerca de metade dos trabalhadores brasileiros ganha menos de um salário mínimo.

Podcast da Band News. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s