Preocupações com o futuro…

É quase impossível não se preocupar com o futuro. A gente pensa no emprego, no relacionamento, nos filhos… E no país. Como idealizamos a vida que gostaríamos de viver e observamos os movimentos diários que podem nos levar a lugares e acontecimentos não desejados, sofremos antecipadamente.

Isso acontece comigo e, penso, com quase todas as pessoas.

O problema é que, ao nos preocuparmos, ocupamos nossas mentes com situações que sequer ocorreram e, mais que isso, que por vezes não temos controle.

É possível evitar a morte de uma pessoa querida? Não. É possível curar a doença de um filho? Não. É possível evitar a falência da empresa para a qual trabalhamos? Não. É possível evitar que o parceiro te abandone? Não. É possível impedir que uma pessoa seja eleita para comandar a nação? Não.

Podemos sim plantar sementes do bem diariamente. Fazemos isso amando nossos filhos, investindo no relacionamento, nutrindo boas amizades, fazendo escolhas políticas sensatas, coerentes… Mas nada disso é garantia de que evitaremos desastres, lágrimas, abandono…

Por isso um dia Cristo disse para não nos preocuparmos com o dia de amanhã. Afinal, basta a cada dia o seu mal.

Anúncios