Influencers em Chernobyl

Influencers posando para fotos em Chernobyl. Retrato da síndrome do mau gosto. Mau gosto no sentido de tentar tornar belo aquilo que é pobre, triste, doente.

Talvez para os mais jovens, Chernobyl não signifique nada. Para os brasileiros, a distância geográfica é imensa e o desastre nuclear ocorrido em 1986 não passa de uma mera lembrança de notícias e imagens nos jornais.

Entretanto, uma breve pesquisa nos ajuda a lembrar que o acidente ocorrido em abril de 1986 numa das usinas localizadas no norte da Ucrânia foi o desastre nuclear mais grave da história. O número de vítimas ainda é indefinido, pois as mortes e os efeitos da radiação não podem ser medidos apenas pelo que ficou visível na época e nos anos seguintes. Além da devastação ambiental, das mortes imediatas, muita gente desenvolveu doenças ao longo dos anos, principalmente câncer.

O acidente em Chernobyl é, portanto, uma daquelas feridas na história que parecem difíceis de cicatrizar. Chernobyl se tornou uma cidade fantasma. Durante muitos anos, a área permaneceu fechada para civis. Hoje, porém, é possível visitá-la. O local está aberto para turismo, desde que com guia especializado para que a visita seja segura.

Recentemente, a HBO produziu uma série que recriou os fatos ocorridos em abril de 1986 e a explosão da central nuclear. Isso aumentou ainda mais o interesse em visitar o local.

Mas o sucesso da série parece ter despertado sentimentos bastantes controversos. Nem todo mundo quer conhecer a região para compreender o quanto o ser humano pode ser destrutivo em suas ações. Na verdade, jovens influencers têm usado o cenário para fazerem fotos que estão sendo publicadas no Instagram. Virou moda! As imagens não estão acompanhadas de nenhuma reflexão ou apelo ambiental. Apenas reproduzem a cultura do espetáculo.

Sinceramente, é assustador. Em nome da polêmica e da visibilidade nas redes, essas novas celebridades atropelam o bom senso, o respeito às vítimas e a memória histórica. Parece que a ausência do conhecimento histórico e de sensibilidade humana tem norteado as ações desses influencers.

Mas sabe o que mais me incomoda? Os influencers que vão a Chernobyl posarem para fotos são apenas sintoma de uma sociedade que tem perdido o respeito à sua história, ao humano e à própria vida.

Anúncios