As linguagens do amor: formas de servir

A primeira coisa a fazer aqui é superar os estereótipos sobre os supostos papeis que deveriam ser ocupados por homens e mulheres. As atitudes de serviço, de cuidado com o outro não podem ser pensados como coisas de homem ou de mulher. Tampouco essas imagens construídas historicamente devem impedir que um marido sirva à mulher em seus desejos e nem uma mulher deixe de servir ao seu homem.

As formas de servir são inúmeras, variadas. E, para muitas pessoas, o serviço é uma das maneiras de se sentirem amadas. Portanto, tire um tempinho e veja as dicas.

Inscreva-se no canal e ative o sininho para receber as notificações!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s