De que valem as conspirações e tramas humanas?

O Salmo 2 é um daqueles textos que abrem diferentes possibilidades de interpretação. E eu amo a Bíblia porque em cada oportunidade que lemos o texto sagrado, sob a luz do Espírito Santo, eu creio que podemos aprender coisas novas. E não apenas aprender, mas podemos entender coisas diferentes. É como se ouvíssemos de Deus aquilo que precisamos ouvir naquele momento. Não significa encaixar a Bíblia em nossas ideias… Tem gente que quer ler a Bíblia para encaixar Deus num deus que a própria pessoa criou. Eu falo de ir ao texto sagrado e se permitir ouvir o que Deus nos fala. E o primeiro verso do Salmo 2 me inspira de uma forma muito especial O salmista afirma: Por que se amotinam as nações e os povos tramam em vão? 

Gente, veja isso!! Veja que incrível! O texto poético traz Deus dizendo… “ei, qual a razão das nações se amotinarem? Qual o motivo das pessoas tramarem coisas?”. 

De cara, Deus diz que as nações se amotinando, os povos tramando… De cara, Deus diz que isso é em vão. Ou seja, é serviço jogado fora! É tempo perdido!E por quê? Porque Deus é soberano! Nada que as nações desejarem fazer, nada que os povos desejarem se concretizará se Deus não permitir.

Homens e mulheres, governantes e governados, têm liberdade. Podem tramar, planejar, escolher, executar. E colhem as consequências de suas decisões. Porém, os homens não têm o controle da história.

Veja só este ano de 2020… Nações tinham planos para 2020, povos tinham planos para 2020, mas tudo caiu por terra quando a pandemia de coronavírus veio sobre todos nós. 

Portanto, meu caro amigo, minha cara amiga, o salmo 2 é um convite pra nos lembrarmos da soberania de Deus e de que nada daquilo que homens e nações desejam acontecerá se Deus não permitir que aconteça. Nós, humanos, não temos controle sobre nossos planos. Por isso, para tudo, e em tudo, peça a aprovação do Senhor. 

Inscreva-se no canal e ative o sininho!