Você já se sentiu insignificante?

Você já parou pra pensar na insignificância do homem diante da grandiosidade do universo?

Gente, eu entendo os céticos, os ateus. Quando a gente olha para o ser humano e olha para o universo, é quase impossível não se questionar: por que haveria alguém aí nessa imensidão preocupado em criar pessoas como nós? 

No Salmo 8, Davi expressa um pouco do seu encantamento com toda a beleza do universo,  com toda a grandeza das obras de Deus. E Davi ainda diz nos versos 3 e 4: Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que ali firmaste,  pergunto: Que é o homem, para que com ele te importes? E o filho do homem, para que com ele te preocupes?

A obra do Senhor Deus é grandiosa. Nós vivemos num planetinha,  que é quase nada diante de tudo que existe fora da terra. E nesse planeta que é um cisco no universo, cada um de nós é uma pessoinha entre outras quase 8 bilhões de pessoas. Ainda assim, a Bíblia nos assegura que Deus se importa com cada um de nós. Dá para acreditar nisso?

Nós somos pó. Somos nada. Mas nos tornamos importantes demais diante de um Deus que nos ama e que deu o filho dele por nós. Isso é incrível. Tão incrível que é difícil de compreender.

Por isso, nada é mais importante para nos colocar em conexão com Deus do que a fé. É por meio da fé que cremos nesse Deus que se importa conosco e que ainda nos convida para vivermos com Ele. 

Amém?