Na segunda, uma música

Flávio Venturini é autor de algumas das mais belas músicas brasileiras – acho que amo todas elas (“Espanhola”, talvez seja minha preferida). Nascido em 1949, o compositor, músico e cantor mineiro descobriu a música aos 3 anos. E embora já esteja com seus 70 anos, segue em atividade.

Dono de uma voz lindíssima – que, para mim, lembra o timbre de Ivan Lins -, Flávio, após conhecer Santo Amaro, escreveu a letra para a música Arioso, da Cantata número 156, do músico alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750). O título da canção é “Céu de Santo Amaro”. Ficou maravilhosa!

Outros cantores brasileiros já interpretaram a canção: Caetano Veloso, Maria Bethânia, Chitãozinho e Xororó, Péricles, Jerry Adriani e até Ivete Sangalo.

A versão que compartilho aqui é interpretada apenas por Flávio Venturini. Vale a pena deixar-se encantar pela melodia e pela letra singela.