As manchetes dos jornais de Maringá

O DIÁRIO: – IPTU. Reajuste será de 4,18%; Acaba o teto de 3 mínimos para isenção; Fiscalização vai usar imagens de satélite de 2010
Projeto de lei do Executivo foi aprovado ontem pela Câmara. Número de contribuintes sobe de 124.387 para 134.541 e a arrecadação prevista salta de R$ 76 milhões para R$ 80 milhões.

HOJE NOTÍCIAS: – Maringá registra alta de 20% na oferta de empregos
Maringá registrou em agosto um saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada. Dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados revelam crescimento de 20,43%, comparado com o mesmo perído do ano passado. Hoje, sobram 1,8 mil vagas na Agência do Trabalhador, mas procura é pequena.

JORNAL DO POVO: – Câmara aprova projeto que reajusta IPTU
O Jornal do Povo também trata do reajuste do IPTU e dos novos critérios para a isenção da taxa.

Anúncios

As manchetes dos jornais de Maringá

– Maringá ganhou um bar por dia em janeiro
O Diário destaca o aquecimento da economia em Maringá. Das 345 empresas abertas na cidade em janeiro, 29 são bares. O ramo é tradicionalmente o que mais tem empresas fechadas, mas o saldo é positivo. Revendedoras de bebidas calculam crescimento de 25%. No total, 3,7 mil foram abertas no ano passado.

– Prefeitura arrecada em um mês R$ 34 milhões com IPTU
A manchete do Hoje Notícias trata do volume de arrecadação do tributo em Maringá. Em menos de um mês, a prefeitura arrecadou mais de 50% do valor lançado em 2010. Em janeiro do ano passado foram arrecadados R$ 28 milhões. Neste ano, o incremento de receita chegou a 13,6% somente com o IPTU. No próximo dia 11 vence o prazo para o pagamento à vista com 10%.

– Implatação de parquímetros continua em estudo na cidade
O Jornal do Povo fala do estudo que vem sendo feito para implantação de um novo sistema que garanta a rotatividade de carros na área central de Maringá. A proposta é reimplantar os parquímetros. A prefeitura considera o modelo atual – com cartões – ultrapassado.

Recorde de arrecadação…

Já são quase R$ 30 milhões arrecadados em IPTU em Maringá neste mês de janeiro. Um recorde. E a prefeitura comemora. A meta era arrecadar à vista R$ 35 milhões. Cerca de 85% do alvo já foi cumprido. Estão no caixa R$ 29,7 milhões. Como a população tem até o dia 11 de fevereiro para pagar o imposto com desconto, a expectativa é alcançar tal volume.

IPTU…

Acabo de ler uma nota sobre a entrega dos carnês de IPTU… Em Maringá, mais de 121 mil carnês serão entregues a partir de sexta-feira, dia 2 de janeiro.

A nota me fez lembrar o aperto financeiro de início do ano. Tem IPTU, IPVA, compra de material escolar… Enfim, são tantos gastos com menos dinheiro no bolso que só fazendo “ginástica financeira” pode se fechar no azul depois de tantas contas.

As manchetes…

Destaques dos jornais de Maringá em circulação nesta quarta-feira, 17 de setembro:

– Reajuste do IPTU passa em primeira votação
O jornal O Diário de hoje destaca o aumento do IPTU em Maringá. O reajuste foi votado ontem à noite pelos vereadores. O índice proposto pelo Executivo é de 4,36%. O aumento será aplicado no tributo de 2009, mas ainda passa por uma segunda votação nessa quinta-feira. A Secretaria de Fazenda antecipou que será oferecido 15% de desconto para os contribuintes que pagarem o IPTU 2009, à vista, em janeiro.

– Produção de mandioca na região deve crescer 50 mil toneladas
A manchete do Hoje Notícias trata das expectativas otimistas dos produtores de mandioca da região. Por conta da lei que permite a adição de um percentual de derivados de mandioca à farinha de trigo, agricultores da região acreditam que será possível ampliar a produção em até 40% na região.

– Moreno diz ser inocento
A manchete do Jornal do Povo ressalta o caso Rose Leonel. A colunista que teve fotos íntimas divulgadas na internet acusou um técnico de informática de ser o responsável pela manipulação das imagens. O técnico Edson Alexandre Moreno rebate que a acusação foi feita sem nenhuma prova. Por isso, já teria contratado advogados para processar a colunista por crime contra a honra.