Cinco motivos para dar uma chance às aulas online

A pandemia de coronavírus mudou nossa vida de um dia para o outro. E uma das mudanças mais significativas aconteceu na educação. As aulas on-line passaram a fazer parte da vida das famílias e nem todo mundo está se adaptando. O problema é que um novo semestre está começando e, se não dermos uma chance para esse modelo, estaremos jogando fora a oportunidade de seguirmos adiante com uma parte importante da vida de nossos filhos e nossos jovens. Por isso, quero te dar cinco bons motivos para dar uma chance para as aulas remotas; alguns destes motivos dizem respeito ao desenvolvimento de habilidades pessoais imprescindíveis no mundo contemporâneo. Este é um tempo de crescimento para todos nós. Podemos construir juntos algo novo e revolucionário na educação.

1) Flexibilidade. Ser flexível é uma característica fundamental no mundo contemporâneo. Gente que não consegue se adaptar, que resiste às mudanças, é gente que estaciona no tempo e que não é bem vindo nas corporações. O mundo pede gente que consiga se adaptar as circunstâncias e aprender durante as adversidades.

2) Disciplina. Estudar por conta própria – ou trabalhar em casa – exige disciplina. É preciso ter rotina, compromisso, responsabilidade. Sem supervisão, sem vigilância, sem a cobrança rotineira de um professor, ainda assim, o aluno precisa dar conta das suas tarefas. Portanto, a quarentena é um momento de desenvolvimento, da aquisição de uma habilidade essencial: a disciplina.

3) Autonomia. A autonomia caminha junto com a disciplina. Para ter disciplina sem ninguém orientando, com horários mais flexíveis, a pessoa precisa ser autônoma, cuidar da própria agenda, organizar-se no tempo, ter iniciativa para resolver os problemas. Num mundo que está em mudança, no qual as velhas estruturas de trabalho estão desaparecendo, os novos profissionais precisam ser autônomos. Então as aulas on-line também são oportunidades para o desenvolvimento da autonomia.

4) Tecnologia. A tecnologia faz parte de nossa vida há muitos anos. Mas ainda pouca gente usa as ferramentas tecnológicas para aprender. Esse período pode ser uma oportunidade para descobrir novas ferramentas, sites, vídeos, plataformas e uma série de informações que pode se transformar em conhecimento.

5) Educação. Embora a tecnologia faça parte do sistema educacional, principalmente no EaD, a maioria das escolas, colégios e faculdades tradicionais ainda usa pouco a tecnologia. A internet e ferramenta de buscas tem servido para o professor mandar mensagens no e-mail da turma e para encontrar conteúdos de aulas, mas poucas escolas e pouquíssimos professores fazem uso das tecnologias para educar, para inovar. Muitos professores nunca tinham gravado um vídeo, feito um podcast e nem conheciam ferramentas de videoconferência para dialogar com os alunos. Por isso, pode ter certeza, a pandemia está obrigando a educação a se inovar. E isso poderá representar um novo momento para a educação presencial.

Inscreva-se no canal e ative o sininho para receber as notificações dos próximos vídeos!