Preferimos o conforto das mentiras

Quando olhamos para a história, notamos que nós, seres humanos, gostamos das mentiras. Ficamos confortáveis com as fantasias. Elas garantem a fuga da realidade, que geralmente é bastante cruel.

Também preferimos as pessoas mentirosas às verdadeiras.

Em nossas falas, costumamos defender a verdade. Argumentamos que rejeitamos a mentira e os mentirosos, mas, na prática, não é isso que acontece.

A verdade confronta, machuca, revela a face mais dura da existência.

Quer um exemplo da moda? A empresa por trás da jovem Bettina. A farsa do discurso da Bettina no Youtube só se tornou assunto na internet por conta do evidente exagero. Em três anos, ninguém sai de uma poupança de mil e quinhentos reais para mais de um milhão de patrimônio apenas investindo na bolsa de valores.

Porém, a Empiricus, que Bettina representa, existe há 10 anos. Nesse período, vem prometendo dobrar o patrimônio de pessoas, garantir ganhos extras substanciais… E centenas de pessoas têm comprado os cursos da empresa, embora até hoje a gente não tenha nenhum amigo que ficou rico com ajuda da empresa.

A gente vê a mesma coisa na política. Basta relembrar a campanha presidencial de 2018. Procure aí na sua memória um único projeto sério para o país que foi apresentado e debatido durante a campanha eleitoral. Não há nenhum. E por isso aconteceu? Culpa dos candidatos? Não! A culpa é nossa, porque preferimos o conforto do reino da fantasia. A gente gosta de ouvir coisas do tipo “nós vamos mudar tudo isso aí”. A gente nem sabe direito que mudanças são essas, mas embarcamos facilmente nessas promessas.

O que dizer dos nossos relacionamentos? Pessoas objetivas, assertivas, que escancaram a verdade diante de nossos olhos são tidas como arrogantes, prepotentes, presunçosas. Gostamos mesmo dos bajuladores, daqueles que têm sempre um sorrisinho no rosto, são capazes de falar palavras simpáticas, elogiar nossas roupas, cabelos… Convidar-nos para o happy hour… Gente que fala mal dos outros colegas, como se estivesse confidenciando coisas importantes… E a gente parece acreditar que essas pessoas não fazem a mesma coisa pelas nossas costas.

O norte-americano Joseph Weil, que viveu 101 anos, afirmava que “a mentira é mais apetitosa“. E completava: “a pessoa mais detestável do mundo é a que sempre fala a verdade”.

Pois é… É difícil admitir, mas nossas atitudes diante do mundo confirmam que Joseph Weil tinha razão. O que explicaria o fato dele ter sido um dos trapaceiros mais bem-sucedidos da história dos Estados Unidos.

Anúncios

As manchetes dos jornais de Maringá

O DIÁRIO: – Câmara aprova criação de Secretaria de Saneamento
Executivo propõe e vereadores aprovam, por unanimidade e em regime de urgência, uma nova secretaria para cuidar do abastecimento de água, tratamento de esgoto e coleta de lixo. Uma agência reguladora e um fundo financeiro compõem o projeto.

HOJE NOTÍCIAS: – Câmara aprova criação de Agência de Água
O jornal também trata da criação de um órgão no município para gestão dos serviços de água e esgoto. O projeto voltará a ser analisado nesta sexta-feira em uma sessão extraordinária da Câmara. O vereador Humberto Henrique pontuou que acha desnecessária a urgência na aprovação e sustenta a necessidade de uma discussão mais ampla com a comunidade.

JORNAL DO POVO: – Motociclista é a 74ª vítima fatal de acidente
Ontem à tarde, no Loteamento Madrid, em Maringá, uma colisão envolvendo um ônibus da TCCC e uma motocicleta resultou na morte de um jovem de 24 anos e deixou uma pessoa ferida.

As manchetes dos jornais de Maringá

O DIÁRIO: – Alô… Alô! Alôôô!
Dos 120 orelhões existentes na Avenida Brasil, 65 não funcionam. A reportagem de O Diário percorreu os 7,6 quilômetros da Avenida Brasil e constatou que vários aparelhos não estão funcionando. O Procon promete ação para melhorar o serviço em Maringá.

HOJE NOTÍCIAS: – Câmara vai definir tempo de fila em supermercados
Medida busca reduzir tempo de espera nas filas de supermercados, principalmente nos horários de pico. A medida de autoria do vereador Carlos Eduardo Sabóia institui que todos os estabelecimentos dêem agilidade no atendimento dos clientes para pagamento das mercadorias.

JORNAL DO POVO: – Pesquisa aponta que vendas serão maiores neste ano
O Departamento de Pesquisa da Associação Comercial e Empresarial de Maringá divulgou uma pesquisa sobre a expectativa dos lojistas com relação às vendas para o Dia das Crianças, que será comemorado no dia 12 de outubro. A pesquisa apontou que 71% dos entrevistados esperam vender mais do que no ano passado.

As manchetes dos jornais de Maringá

O DIÁRIO: – Silvio já pensa na sucessão municipal
Prefeito Silvio Barros diz que o seu sucessor deverá ser, em primeiro lugar, temente a Deus e, em segundo, ter experiência em gestão pública. Ele conta que já tem um nome na cabeça, mas acha cedo para fazer a revelação.

HOJE NOTÍCIAS: – Richa promete enxugar a máquina do Estado
O governador eleito do Paraná, Beto Richa, e o atual governador, Orlando Pessuti, devem indicar nomes para equipe de transição nos próximos dias. Ontem, em entrevista coletiva, Richa voltou a afirmar que sua prioridade são a saúde, a segurança pública e a educação. Entretanto, apontou que, primeiro, vai trabalhar para eleger José Serra presidente.

JORNAL DO POVO: – Governador eleito reforça campanha de Serra
Ontem, Beto Richa chegou a anunciar que estaria em Maringá nessa segunda-feira. Porém, cancelou a visa em cima da hora em razão do clima que impediu as operações no Aeroporto de Curitiba. Em sua página na internet, o governador eleito parabenizou a votação expressiva dos candidatos ao Senado, Ricardo Barros e Gustavo Fruet.

As revistas da semana

VEJA: – A edição desta semana traz um especial sobre as eleições 2010 e aponta o que é o Brasil e o mundo na cabeça de Dilma Rousseff e José Serra. Também traz: Hugo Chávez perde hegemonia no Parlamento; Encontrado um planeta semelhante à Terra; e o avanço na detecção do câncer de pele.

ÉPOCA: – Depois de Lula. O legado do presidente e sua sombra sobre o futuro governo. Os rumos do Brasil, a partir de 2 de janeiro de 2011, vão depender de como o próximo presidente vai lidar com a sombra do lulismo – e de como Lula vai se comportar quando estiver fora do poder. O mundo real do Coronel Nascimento. As histórias verdadeiras de como as milícias dominaram os morros do Rio de Janeiro e as estratégias para combatê-las são o tema central do aguardado “Tropa de elite 2”. Menos carne no prato. Preocupados com o planeta, com a saúde dos clientes – e a moda, claro –, chefs famosos adotam a dieta “semivegetariana”.

ISTO É: – As armas para o segundo turno. Campanhas de Dilma e Serra fazem autocrítica, planejam mudanças e já se mobilizam para buscar mais eleitores. Quem vai conquistar Marina. O apoio da candidata do PV, com um arsenal de quase 20 milhões de votos, é decisivo para definir a eleição. A vitória da continuidade. Ao reeleger dez governadores já no primeiro turno e levar outros seis para o segundo, eleitor prova que o sentimento de bem-estar é mais forte que a ideologia na hora de decidir em quem votar.

CARTA CAPITAL: – Novo presidente, só no fim de outubro. Dilma Rousseff ficou abaixo da votação apontada nas pesquisas e obteve cerca de 46% dos válidos; José Serra vai para o segundo turno. Alemanha celebra 20 anos da reunificação. Em uma mensagem de vídeo, Angela Merkel, que cresceu na então Alemanha Oriental, afirma que, assim como a maioria dos compatriotas, foi surpreendida pela rapidez da reunificação do país menos de um ano depois da queda do Muro de Berlim.

As revistas da semana

VEJA: – A liberdade sob ataque. A edição desta semana destaca que os reflexos da sucessão de escândalos que fizeram a lama subir até o gabinete mais próximo da Presidência da República e derrubaram até agora sete servidores fizeram-se sentir pela primeira vez nas pesquisas eleitorais divulgadas na semana passada (…). A queda provocou uma violenta reação do governo. Não contra os acusados de malfeitorias e corrupção na Casa Civil, de onde emanaram os episódios mais cabeludos, mas contra quem os denunciou. Em uma série de comícios e entrevistas, o presidente Lula dedicou a semana a desferir ataques contra a imprensa com uma virulência inédita. Ainda na edição da Veja, uma reportagem especial sobre a química que comanda os sentimentos e a estréia no cinema de Comer Rezar Amar, com Julia Roberts.

ÉPOCA: – Tiririca. A cara do novo Congresso. Uma pesquisa inédita explica o sucesso de candidatos despreparados – como o comediante que, apesar do rumor de ser analfabeto, pode se tornar o deputado mais votado do país. Petrobras, o impacto da maior oferta de ações da história no futuro do Brasil. Um filme sobre a história do Facebook mostra episódios que seu fundador, Mark Zuckerberg, preferia que ninguém soubesse.

ISTO É: – O avanço da onda vermelha. De cima a baixo no País, o eleitor apoia a continuidade e tende a garantir uma quase inédita maioria governista no Congresso. A vida debaixo da terra. Os mineiros presos no Chile estão lidando de forma serena e cooperativa com a longa espera pelo resgate. É a prova de que tragédias são capazes de fazer seres humanos ultrapassarem os próprios limites. Bons de bola, ruins de escola. Levantamento mostra que clubes são omissos em relação à educação de atletas mirins.

CARTA CAPITAL: – Eles ainda sonham com a marcha. Em desespero, a oposição tenta evocar fantasmas do passado, alimentada pela mídia. IBGE registra menor taxa de desemprego em oito anos. Renda média mensal também bate recorde. O STF e a Ficha Limpa: em caso de empate, vale o voto pró-sociedade. Terminou empatada a votação no STF. O que fazer? A sociedade desempata, simples assim.

As revistas da semana

VEJA: – A alegria do polvo. “Caraca! Que dinheiro é esse!” Funcionário do Planalto recebeu propina dentro da Casa Civil, a metros da sala da então ministra Dilma Rousseff e a um andar do gabinete do presidente Lula. A edição desta semana da revista traz novas denúncias do esquema de corrupção que funcionava até mesmo dentro da Casa Civil. Uma reportagem sobre Cuba mostra que começou o desmonte do monstrengo criado por Fidel Castro. E o livro de Ingrid Betancourt fala do cativeiro das Farc.

ÉPOCA: – O dinheiro que dá em árvores. Quanto vale a natureza e quem está faturando ao protegê-la. As 13 empresas brasileiras que mais ajudam a salvar o planeta. Na reta final, o fator Erenice. Quais são as chances de mudança do cenário eleitoral depois do escândalo que levou à demissão da Casa Civil da ex-assessora de confiança de Dilma. O que eles querem para o Brasil? A duas semanas das eleições, a revista revela que entre os principais candidatos à Presidência, só Marina Silva apresentou um programa de governo para o país. Como adiar a calvície. Exames precoces já permitem retardar a queda de alguns fios em mais de 20 anos.

ISTO É: – “Foi uma traição”. Numa entrevista exclusiva, a ex-ministra da Casa Civil, Erenice Guerra, fala sobre as denúncias envolvendo seu nome e de seus filhos. Ela admite que não tem controle sobre o trabalho do filho, diz que foi traída e se considera vítima de uma campanha. Um ataque direto e poderoso às doenças. Surgem novas terapias criadas com recursos da nanotecnologia. Elas já curam câncer de pele e prometem maior eficácia contra a diabetes. É o começo de uma nova era na medicina. Cartas da liberdade: vindas de todo o País, mensagens escritas pelos próprios presos representam 23% dos pedidos de habeas corpus concedidos pelo Supremo Tribunal Federal.

CARTA CAPITAL: – Aécio deixará o PSDB. A revista traz reportagem exclusiva que revela que o ex-governador de Minas Gerais pretende fundar um novo partido e comandar uma oposição moderada. A nova promessa de José Serra: 10% para os aposentados. Às vésperas das eleições, o candidato tucano apresenta mais um ponto de seu Programa de Governo para os mais pobres. A próxima geração: políticos jovens e que não viveram os conflitos da ditadura caminham para vitórias consagradoras nas urnas. E se credenciam no cenário nacional.

As manchetes dos jornais de Maringá

O DIÁRIO: – 10 anos depois. Primeira ação contra Gianoto e Paolicchi chega ao fim
Duas denúncias foram juntadas em outubro de 2000, uma contra o ex-secretário da Fazenda e outra contra o ex-prefeito, dando origem a primeira Ação Civil Pública, que agora é transitada em julgado. R$ 3,15 milhões foi a quantia desviada. R$ 20 milhões é o valor aproximado a ser devolvido. Correm outras 34 ações contra a dupla.

HOJE NOTÍCIAS: – Empregos temporários devem gerar mil vagas
Comércio de Maringá deve contratar neste ano aproximadamente 30% a mais de funcionários em relação a 2009. No Brasil, 139 mil pessoas devem ser contratadas para ocupar vagas de trabalho temporárias.

JORNAL DO POVO: – Dia Nacional da Juventude será lançado na Cidade
No dia 24 de outubro, a comemoração do Dia Nacional da Juventude deverá reunir milhares de jovens em Maringá. Para marcar o lançamento do evento, no próximo sábado, o arcebispo dom Anuar Battisti celebrará missa especial com os jovens na paróquia São José Operário.